terça-feira, 22 de setembro de 2009

Nota sobre o ensino - 3


As monocotiledôneas são um grupo de angiospérmicas cujo embrião tem, tipicamente, um só cotilédone, raiz fasciculada e folhas paralelinérveas, diferentemente das dicotiledôneas, cujo embrião possui dois ou mais cotilédones, raiz axial e folhas de nervação reticulada.
Contudo, apesar de suas contrastantes diferenças (ou quiçá graças a elas), ambas possuem a função comum de serem decoradas para se passar no vestibular.


Um comentário:

Na disse...

Que insulto,foi graças as dicotiledôneas pentâmeras que eu decidi fazer mestrado de botânica,bobinho. * mostra a lingua *