segunda-feira, 11 de junho de 2007

Essência

Os sonhos de ontem estão a sonhar
Sem se preocuparem se símbolos são
Se passado seu desejo selvagem
Se passado somente serão

As promessas de ontem estão a soçobrar
Doce e silenciosamente esquecidas
O Sol desperta do suave sono
Sem se sentir saudades da inocência insípida

Essa essência mutante

Sem sombra sem sobra sem saber
Casulo do amanhã irreconhecível
Desperta no crepúsculo um novo ser

Um comentário:

The Key disse...

porque nós somos velhos!!!
velhos de 20 anos!!!!