quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Pandas são estuprados em cativeiro na China

Qua, 10/09/2008 por Redação

Um funcionário chinês que trabalhava no Centro de Criação e Pesquisa de Animais Protegidos da Província de Shaanxi foi encontrado morto e nu na manhã desta terça-feira em uma jaula onde uma panda fêmea estava em observação.

Segundo a polícia local e os funcionários, as roupas estavam dobradas do lado de fora da jaula e foram encontrados vestígios de sêmen em Niu Niu, a panda fêmea, deixando claro que o homem teve relações sexuais com o animal.

"Niu Niu estava em observação por ter tido um comportamento agressivo. Provavelmente ela se sentiu ameaçada quando foi molestada e acabou matando-o." disse à agência Chi Yang Zhou, um dos veterinários do Centro.

O bizarro caso só foi realmente esclarecido nesta quarta, quando um dos seguranças que também trabalhava no local se entregou à polícia e confessou ter participado da zoofilia.

Segundo sua declaração, os dois já agiam a cerca de um mês. Todas as noites, ele desligava as câmeras de segurança e os alarmes para poderem entrar no ambiente dos pandas e terem relações sexuais. Na última noite, Mei-Hua, o falecido funcionário, teria tentado obter sexo oral de Niu Niu e teve seu pênis arrancado e sua cabeça, pisoteada pelo animal. O segurança, assustado, fugiu em seguida.

O motivo que os levou a cometer tal ato, ainda segundo sua declaração à polícia, é que queriam engravidar os pandas para salvar a ameaçada espécie da extinção. Aparentemente, os dois não sabiam que não é possível um ser humano engravidar um ser vivo de outra espécie. O segurança aguarda o julgamento na prisão e Niu Niu continua em estado de observação, mas passa bem.

Comunicar erros
_________ Enviar por e-mail___________ Imprimir

2 comentários:

K. disse...

Você está numa fase de "notícias extraordinárias"? hahaha
Muito bom, são textos engraçados...

Jéssica disse...

Nosssaaaaa,


é verdade?


*_*


tadinha dela!!



ps: sou amiga da Natasha